Vendas do autosserviço alimentar subiram 1,5% em julho

13/09/2013 16:16

Super e hipermercados se recuperaram da queda de 0,2% ocorrida em junho, sobre maio, e elevaram suas vendas em 1,5% em julho na comparação mensal. A variação foi ainda maior em relação a julho do ano passado, 2,5%. De janeiro a julho 2013, o setor acumula um tímido crescimento, de 0,7% sobre igual período do ano passado. As informações são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

De forma geral, o varejo restrito – que desconsidera materiais de construção e automóveis – cresceu 1,9% entre junho e julho, e 6% sobre julho do ano passado. O crescimento acumulado no ano é de 3,5%. Beneficiados pelo programa Minha Casa Melhor, do governo federal, os eletrodomésticos tiveram uma das maiores taxas de crescimento, de 14,9% entre julho deste ano e o mesmo mês de 2012.

Embora tenha tido bom desempenho em julho, o varejo alimentar ainda possui um dos menores crescimentos entre os setores que compõem a pesquisa do IBGE. Segundo o Instituto, os resultados abaixo da média ocorrem em função da inflação dos alimentos, que foi de 11,9% nos últimos 12 meses anteriores ao período pesquisado. É quase o dobro da taxa geral, que foi de 6,3% no mesmo período.

 

Confira a pesquisa completa do IBGE neste link.

 

Fonte: Supermercado Moderno