Supermercados têm alta rotatividade de empregos em abril

18/07/2012 13:32

A taxa de troca de funcionários do setor foi de 5,4% no quarto mês do ano, segundo a FecomercioSP (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo). Em todo o varejo, somente o segmento de Vestuário, Tecidos e Calçados ficou à frente, com 6,1%.

Em abril, o saldo de empregados com carteira assinada no varejo da região metropolitana de São Paulo cresceu 4%. Na comparação com igual período de 2011, o número de empregados saltou de 942.215 para 979.804. No mês, 48.090 pessoas foram admitidas no comércio, e 44.067 demitidas.

Na avaliação da Assessoria Técnica da FecomercioSP, apesar das variações positivas, há uma estabilidade nas taxas de crescimento do emprego formal no varejo. Nos próximos meses, segundo a entidade, é provável que o dado se mantenha positivo, com aumento gradual no número de empregados e nas taxas de admissão.

 

Fonte: Redação SM