Supermercados no interior crescem mais do que nas capitais

07/05/2012 14:44

Estudo da empresa de consultoria Nielsen aponta que as vendas nos supermercados localizados em cidades interioranas aumentaram 13,3% em 2011, enquanto, nas capitais, o crescimento foi de apenas 7,8%. A região Centro-Oeste teve a evolução mais expressiva, com crescimento de 25% nas lojas do interior, contra 9% nas capitais.

Além disso, das 201 lojas abertas nos Estados de São Paulo, Paraná e Minas Gerais no ano passado, 112 estão localizadas em pequenas e médias cidades do interior. Para Eduardo Ragasol, presidente da Nielsen Brasil, os resultados são um reflexo da aceleração do consumo nos municípios menores, que passam por um processo de industrialização e geração de emprego intenso. Já nas capitais, afirma, os consumidores têm um nível maior de bem estar, ainda buscado pelo interior.

Itens que oferecem praticidade, como pratos semiprontos e carnes congeladas, e produtos com status de “mimos”, como chocolates e sorvetes, foram os principais responsáveis pelo crescimento maior no interior. Estes produtos, comenta Ragasol, são cada vez mais procurados pelos consumidores interioranos, que possuem hoje um perfil mais jovem e ávido por novidades e praticidade.

Para o presidente da Nielsen, o próximo desafio a ser superado pelas redes que atuam no interior é melhorar a distribuição, para chegar a um número cada vez maior de pessoas.

 

Fonte: O Estado de São Paulo