Mantega anuncia ao setor de bebidas que alíquotas serão mantidas até dezembro

21/09/2013 11:22

Em reunião com representantes das empresas produtoras de bebidas frias de todo o Pais, realizada nesta quarta-feira, 18, em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega anunciou que irá prorrogar o Decreto nº 7.742/12, que determina a atual base de cálculo da Contribuição para o PIS/PASEP, da COFINS e do IPI para o setor, por mais três meses. Como a atual tabela encerra sua vigência no dia 30 de setembro de 2013, um novo Decreto mantendo os valores deverá ser publicado ainda neste mês.

O presidente da Associação dos Fabricantes de Refrigerantes do Brasil – AFREBRAS, Fernando Rodrigues de Bairros, que representa mais de150 pequenos e médios produtores regionais de refrigerantes, água e cervejas, avalia que a decisão é razoável, mas ainda não é ideal para corrigir as diferenças no tratamento tributário entre as pequenas e grande empresas do setor. “A redução de impostos gerada por esse decreto tem sido fabulosa para os grandes produtores, porém apenas satisfatória  para os pequenos, visto que a questão tributária é um dos principais fatores que influenciam a formação de preços do produto. Com isso, o problema persiste, impedindo que as empresas de menor porte concorram de forma justa com as marcas líderes do mercado", observa Bairros.

Em breve, será realizada uma nova reunião entre o governo e os empresários do setor de bebidas frias, ocasião em que o presidente da AFREBRAS espera ter uma oportunidade para apresentar a real situação do setor no País, evidenciando as medidas que beneficiam apenas as grandes corporações.

 

Fonte: Portal Newtrade