Fecomércio-RO assina Acordo de Cooperação com Governo de Rondônia

09/11/2012 14:23

Sensibilizar os empresários na adoção de comportamento ético e contribuir para o desenvolvimento econômico do Estado, levando qualidade de vida aos mais diversos segmentos da população. Esse é um dos principais objetivos da assinatura de um Acordo de Cooperação entre a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Rondônia e o Governo do Estado, na quarta-feira (30.10), no Tribunal de Contas.

A partir da assinatura, Governo e Fecomércio vão trabalhar juntos na implantação do Selo Empresa Amiga do Futuro. O selo faz parte das ações do Plano FutuRO que busca garantir os direitos da cidadania, proteção dos segmentos mais vulneráveis e a superação da pobreza e erradicação da extrema pobreza no Estado, até 2015. “Um projeto ousado e visionário que vai trazer a Rondônia impactos positivos significativos em sua economia, principalmente pelo acesso à renda de todas as camadas da população”, disse o governador Confúcio Moura.

As empresas que são comprometidas com responsabilidade social empresarial serão certificadas com o Selo. A data de assinatura do acordo coincide com a comemoração do 1º ano do Plano Futuro, projeto do qual Rondônia é uma das pioneiras no País. O projeto terá outros parceiros, e à Fecomércio-RO caberá a missão de articular a mobilização e articulação das empresas, campanha de divulgação e outras ações na elaboração e difusão do selo no setor comercial.

De acordo com o presidente da Fecomércio-RO, Raniery Coelho, a federação vê na distribuição de renda do Estado uma realidade que atende aos princípios econômicos, mas também sociais. “Rondônia passa por um processo de desenvolvimento econômico nunca visto no Estado, mas o aumento da população também gerou muita miséria. A política do governador Confúcio agiu acertadamente em olhar por esses cidadãos ao oportunizar-lhes melhor qualidade de vida”, ressaltou.

Raniery ainda enfatizou a parceria que a Fecomércio-RO tem celebrado não só com o Executivo, mas também ao Legislativo (como um dos principais parceiros na Escola do Legislativo na campanha contra o Bulling nas escolas), Ministério Público, no âmbito social. “Ultimamente fechamos um compromisso com pastores e religiosos da zona Leste da cidade, na campanha Marcha pela Vida, na região mais violenta da cidade”, citou.

Investimentos

O governo estadual dispõe de R$ 1 bilhão para atender os rondonienses em situação de pobreza extrema pelo Pelo Plano Futuro. Estão sendo realizadas diversas ações com foco para a transferência de renda, inclusão tecnológica e produtiva, acesso aos serviços públicos, prevenção e combate às drogas, erradicação do trabalho infantil e reforço no enfrentamento à violência e exploração sexual.

Dados divulgados pelo governo revelam que em Rondônia, 110 mil famílias recebem benefícios do Programa Bolsa Família. Desse total, 36 mil não conseguem chegar a uma renda mensal de R$ 70 por pessoa, mesmo com a ajuda do Governo Federal. Essas vão receber a complementação de renda por parte do Estado a partir de 2012, cujos valores variam entre R$ 30 e R$ 150 mensais. Os números foram apresentados pela coordenadora do projeto, secretária Cláudia Moura.