Denit vai dragar a hidrovia do Madeira

24/01/2013 07:20

O governador Confúcio Moura e o diretor-presidente da Sociedade de Portos e Hidrovias do Estado de Rondônia (Soph), Ricardo de Sá Vieira, participaram nesta semana, em Brasília, de audiência com o diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Jorge Fraxe, para tratarem sobre a dragagem e sinalização da Hidrovia do Madeira de Porto Velho a Manaus.

Durante a audiência, Confúcio Moura explanou a necessidade imediata da obra antes do início do período da seca amazônica. “É importante que o Dnit licite o serviço para a realização da dragagem e sinalização desta importante hidrovia no período da seca, para evitarmos prejuízos como o desabastecimento de mercadorias tanto para o Estado de Rondônia quanto para o Amazonas”, disse o governador.

Ricardo de Sá destacou sua preocupação com a navegabilidade e segurança da região que, segundo ele, se não for iniciado rapidamente o trabalho, ocorrerão sérios transtornos ao comércio e diminuição das exportações que são realizadas a partir do Porto Organizado de Porto Velho.

O diretor-geral do Dnit assumiu o compromisso com o governo de agilizar o processo para que a dragagem e sinalização sejam feitas no final de janeiro, além da manutenção anual por um período de cinco anos, como está previsto no orçamento do PAC 2.

Compromisso

Ainda em Brasília, o diretor presidente da Soph, Ricardo de Sá Vieira, reuniu-se com o coordenador da equipe de transição dos Portos Hidroviários do Dnit para a Secretaria Especial de Portos (SEP), Wilson do Egito Coelho Filho, e com o assessor do Ministério dos Portos, Alexandre Catão, com o objetivo de cobrar agilidade na liberação dos recursos provenientes do PAC para aquisição de equipamentos para o Porto Organizado e construção do novo porto da Capital. A equipe de transição se comprometeu em envidar todos os esforços para a imediata liberação dos projetos estruturantes do Porto Organizado.

 

Fonte: Rondonia Agora