Danone quer faturamento de mais R$ 2 bilhões em 2013

16/01/2013 13:41

O presidente da Danone Brasil, Mariano Lozano, afirmou à Agência Estado que a empresa quer atingir faturamento de mais de R$ 2 bilhões no ano, mantendo o compromisso de dobrar o tamanho da companhia a cada cinco anos. Em 2008, a receita bruta da filial brasileira era de cerca de R$ 1 bilhão.

"Temos que crescer ao menos 15% em cada ano para cumprir esse objetivo. Já faz nove anos que estamos fazendo isso e queremos manter a mesma 'pegada' neste ano", disse o executivo. Segundo ele, o iogurte deixou de ser um artigo de luxo e agora é produto para todos os dias.

"Temos muito potencial de crescimento", declarou, informando que o brasileiro toma um iogurte a cada sete dias; o argentino, três no mesmo período; os portugueses, quatro, e os franceses tomam um iogurte por dia.

Questionado sobre as movimentações agressivas de seus concorrentes, Lozano disse que são positivos. "Nosso sonho é crescer o bolo e não apenas uma fatia dele. Fizemos o reposicionamento da marca-mãe (Danone) no ano passado e estamos crescendo em Activia também. Temos vários lançamentos previstos para Sudeste, com foco nas Classes A e B", completou.

O executivo estava presente nesta segunda-feira (14) no evento "Movimento Por um Futebol Melhor", para ajudar a impulsionar a receita dos clubes nacionais de futebol por meio do programa de sócio-torcedor dos times.

Por iniciativa da Ambev, o programa cujo desenvolvimento durou mais de dois anos, conta com mais oito empresas: Sky, PepsiCo, banco Bradesco, Seara/Marfrig, Burger King, Netshoes, Unilever e Danone, além de redes de supermercados. Os torcedores terão descontos na compra dos produtos das empresas participantes. Na ação, a Danone reduzirá de 5% a 10% itens das marcas Danone e Activia.

 

Fonte: Agência Estado