Cai o número de produtores de leite no Brasil

13/09/2013 16:04

Uma pesquisa realizada pela consultoria especializada MilkPoint e pela Associação Leite Brasil mostra que o País tem hoje cerca de 250 mil produtores de leite que comercializam a matéria-prima no mercado formal. Considerando os informais, o número chega a 415 mil. Entre 2005 e 2006, período do último levantamento feito pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), havia um número total de 1,35 milhão de produtores no País.

As duas pesquisas utilizam metodologias diferentes, mas indicam uma grande redução da pecuária leiteira no Brasil. Segundo Marcelo Pereira de Carvalho, analista do MilkPoint, a conjuntura econômica explica a redução no número de produtores. "Em uma situação em que a taxa de desemprego é baixa e a renda média aumenta, o pequeno produtor ou seus filhos não têm incentivos para permanecer na atividade, porque terá oportunidades melhores de conseguir renda", afirma.

Assim, acrescenta Carvalho, a opção para o pecuarista é deixar a atividade ou aumentar a produção para justificar sua permanência. Segundo ele, a forte alta do valor da terra a partir de 2007 também estimulou o aumento da produtividade para justificar a exploração do ativo. "Do contrário, o produtor arrendará a terra para outra atividade, venderá a propriedade ou se dedicará a outra atividade agrícola", argumenta.

Já Jorge Rubez, presidente da Leite Brasil, considera que a redução do número de produtores de leite no País é positiva, uma vez que isso deve ser compensado pelo aumento da produtividade. Segundo o levantamento da MilkPoint, os pecuaristas com produção acima de 500 litros por dia representam apenas 14,2% do total.

 

Fonte: Valor Econômico