Cade aprova acordo e BRF transferirá marcas à Marfrig

26/05/2012 08:05

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica aprovou em (23/05), por unanimidade, o acordo para a troca de ativos entre BRF (Brasil Foods) e Marfrig. Com o aval da autoridade, a Marfrig ficará com o bloco de ativos que a BRF teve de colocar à venda como condição imposta pelo Cade para sua criação, a partir da incorporação da Sadia pela Perdigão. A operação incluí a transferência de diversas marcas vendidas no varejo pela BRF.

A efetiva troca de ativos acontecerá em três fases ao longo do ano. A BRF repassará à Marfrig as marcas Rezende, Wilson, Texas, Tekitos, Patitas, Escolha Saudável, Light Ellegant, Fiesta, Freski, Confiança, Doriana e Delicata. Além disso, serão entregues dez fábricas de processados, duas unidades de abates de suínos e aves, 12 granjas, 2, incubatórios, 4 fábricas de ração e 8 centros de distribuição.

Em troca, a BRF receberá da Marfrig a argentina Quickfood – que detém a marca Paty, líder em hambúrguer no mercado do país vizinho, e o pagamento de R$ 350 milhões.

Com os novos ativos, a Marfrig deve elevar sua fatia no mercado brasileiro de industrializados de carne de 9% para 21%, se tornando um concorrente de peso para a própria BRF. A empresa espera aumentar em R$ 1,7 bilhão por ano seu faturamento líquido, que em 2011 chegou a R$ 21,8 bilhões.

No lado da BRF, a troca de ativos reforçará o processo de internacionalização da empresa, bem como a atuação da companhia na Argentina, país estratégico para os planos da companhia

 

Fonte: Valor Econômico