Baixa renda aumenta busca por crédito

12/06/2012 15:42

 

Entre os consumidores que ganham até R$ 500 por mês a alta foi de 16,3% na demanda por crédito de abril a maio deste ano.

 

 

Essa é a maior variação positiva na comparação mensal com as demais faixas de renda, conforme o Indicador Serasa Experian da Demanda do Consumidor por Crédito.

Já os que ganham R$ 1 mil mensais apresentaram evolução de 15%. Os brasileiros das camadas de rendas mais elevadas avançaram suas procuras por crédito entre 11,7% (aqueles cuja renda mensal está entre R$ 5.000 e R$ 10.000 mensais) e 13,2% (os que ganham entre R$ 1.000 e R$ 2.000 por mês).

Segundo os economistas do Serasa Experian, o Dia das Mães, a redução do IPI no setor automotivo e os anúncios de reduções das taxas de juros dos empréstimos pela rede bancária motivaram o consumidor a demandar crédito no mês passado.

Geral
Ainda de acordo com a pesquisa, a quantidade de pessoas que procurou crédito em maio cresceu 14% em relação ao mês imediatamente anterior, após ter recuado 11,2% em abril. Na comparação com maio do ano passado, houve queda de 7,5%, menor que o recuo de 9,8% registrado em abril neste mesmo critério de comparação. No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a busca de crédito pelos consumidores recuou 7,6% frente ao mesmo período de 2011.

 

Fonte: Serasa Experian, por redação SM