Aumento dos preços da cerveja leva à queda no consumo

30/06/2012 08:59

Para elevar suas margens de lucro, as principais cervejarias do País vêm reajustando o preço da bebida acima da inflação. No ano passado, o consumidor desembolsou 14% mais para beber cerveja em relação a 2010, de acordo com o IPCA. Até maio deste ano, o aumento médio dos preços está em 4,30%.

Com isso, o consumidor bebe menos. Em 2011, foram tomados 1,5% menos litros de cerveja no Brasil e, no acumulado de janeiro a maio deste ano, o volume foi 1,6% menor. Em maio, o consumo da bebida chegou a cair 5,5%, comparado ao mês anterior.

No entanto, a estratégia vem funcionando bem para o caixa das cervejarias. Em 2011, houve alta superior a 7% no faturamento do setor, que chegou a R$ 40 bilhões.

E os preços devem aumentar ainda mais. Recentemente, o governo decidiu aumentar a carga tributária sobre as cervejas e outras bebidas frias, o que deve gerar um novo aumento de 4% nos preços a partir de outubro. Com isso, segundo a CervBrasil, associação das principais cervejarias do País, as empresas devem revisar seus investimentos para este ano, programados em R$ 7,9 milhões.

 

Fonte: Valor Econômico, por redação SM