Argentina deve exportar mais alimentos para o Brasil

16/03/2016 15:24

Com a iniciativa do governo Macri de derrubar alíquotas de exportação da Argentina, os produtos fabricados no país vizinho devem aumentar sua presença no Brasil. Para se ter uma ideia os alfajores Havanna e os sorvetes Freddo preveem chegar até 50 novos pontos brasileiros neste ano. Os investimentos da indústria argentina devem chegar a R$ 13 milhões.

Outros itens como carnes (picanha e chorizo), queijos, doce de leite, peixes e vinhos são cada vez mais importados pelos brasileiros após o fim do câmbio artificial e por conta dos menores custos tributários e trabalhistas. Com exceção das carnes, os outros produtos devem chegar ao País com preços competitivos em breve.

Com a derrubada das barreiras tarifárias promovida por Macri, as empresas argentinas poderão acessar recursos externos, aumentando sua competitividade. Com isso, a Argentina tende a se fortalecer no comércio exterior. José Augusto de Castro, da (AEB) Associação de Comércio Exterior do Brasil, prevê aumento de importações e cita o avanço de malte de cerveja, chocolates, azeitonas e azeites.

 

Fonte: Ilisp, via Portal SM